Meu Carrinho
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Envie sua Mensagem

Aguarde, enviando contato!

Topo

[email protected] | (31) 99942-9706
MENU

O que é e para que serve o certificado SSL

A função do certificado SSL é criar um canal criptografado entre um servidor web e um navegador garantindo segurança a todos os dados transmitidos.

Por Herman Monteiro dia em Blog

O que é e para que serve o certificado SSL
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp

Na web existem milhões de sites/ sistemas desprotegidos, sem nenhum tipo de criptografia de dados que forneça uma maior segurança contra ataques cibernéticos. Pensando nisso, eu resolvi escrever esse post sobre Certificado SSL para servir de alerta e ao mesmo tempo tirar algumas dúvidas sobre como manter seu site seguro.

Então, Certificado SSL (Secure Socket Layer SSL) é um padrão global em tecnologia de segurança. Sua função é criar um canal criptografado entre um servidor web e um navegador (browser) para garantir sigilo e segurança a todos os dados transmitidos.

Se um site tiver um certificado SSL, isso significa que foi validado por uma Autoridade de Certificação. Aliás, muitos provedores de hospedagem oferecem certificados SSL como parte de seus serviços.

Para você entender melhor, acesse o site de um banco de sua preferência e verá que na barra de endereço possui um cadeado na cor verde seguido do protocolo Hyper Text Transfer Protocol Secure (HTTPS). Essa sigla em inglês significa:

 “Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro”.

Em resumo, os sites que são acessados a partir de um protocolo de transferência de hipertexto seguro, aparecem com o código “https://” antes do URL impedindo o roubo de informações. Portanto, trata-se de uma conexão segura.

Como funciona o certificado SSL

De fato, a segurança no site é fundamental. Você pode ter considerado habilitar o HTTPS para estabelecer uma conexão segura, mas pode não ter certeza de como funciona todo o processo. Portanto, vou explicar. A primeira etapa é solicitar o certificado junto ao provedor de hospedagem do seu site.

Assim, a solicitação será remetida a Autoridade de Certificação (AC), que é um organismo que concede o certificado SSL após verificar a identidade de um site. Dependendo do tipo de certificado que você optar, a AC poderá verificar a propriedade do domínio que o está solicitando.

Para outros certificados SSL mais avançados, a AC pode chegar ao ponto de verificar se a empresa que está solicitando está realmente registrada. Depois de emitir um certificado SSL, você precisará instalá-lo através do seu provedor de hospedagem na web. 

Você precisará habilitar o protocolo HTTPS para todo o site (que geralmente é a abordagem mais simples) ou apenas para as páginas que lidam com informações confidenciais. Se você ativar o HTTPS antes de instalar um certificado, seus visitantes receberão um aviso quando tentarem acessar seu site.

O aviso varia dependendo do navegador que eles usarem, mas geralmente a informação é que estão tentando acessar um site que não possui um certificado válido.

Diferença entre HTTPS e HTTP

Por padrão, os dados que as conexões HTTP enviam não são criptografados. Isso significa que os hackers podem obter seus dados (e os dos visitantes do seu site) por meios maliciosos.

Obviamente, isso não é uma boa notícia para as empresas que lidam com informações pessoais sensíveis, como detalhes de cartão de crédito e endereços. Se um endereço de site começar com HTTPS em vez de HTTP, isso indica que todos os dados que você envia e recebe desse site são criptografados.

 Mesmo que os dados fossem interceptados por terceiros não autenticados, eles não seriam capazes de decifrá-los. Simplificando, se você está preocupado com a segurança dos dados, fique tranquilo ao ver que o site que você está acessando usa HTTPS em vez de HTTP.

Para configurar o HTTPS, você precisará adquirir um 'certificado SSL', que está vinculado ao seu site. Isso fornece um fluxo de dados criptografados para as informações que você envia pela web.

Por que seu site precisa de Certificado SSL?

Para resumir, se você tem um site, seu objetivo principal deve ser proteger os dados pessoais de seus usuários para que não cheguem às mãos de hackers. As vantagens do certificado do site incluem:

Segurança melhorada: os certificados SSL protegem os dados de seus visitantes, oferecendo uma conexão segura, criptografando as informações que trafegam dos navegadores da Web para o servidor. Isso garante a segurança no site.

Maior confiança do cliente: seu público-alvo quando acessar sua página, verá que se trata de um site seguro, graças ao ícone 'cadeado' e ao URL do site. Assim, você estará oferecendo mais tranquilidade aos visitantes. Isso gera mais credibilidade para qualquer empresa, o que pode levar ao aumento de conversões.

Segurança em pagamentos online: o certificado do site garante também que pagamentos online sejam aceitos. De fato, um certificado SSL não é apenas recomendado, mas necessário para atender aos regulamentos do setor.

SEO aprimorado

Os benefícios de obter um certificado SSL vão além da segurança do site. De fato, mecanismos de busca como o Google têm como missão incentivar os proprietários de sites a habilitar o HTTPS sempre que possível. 

Para isso, o Google marca os sites HTTP como “não seguros” nos navegadores e também os penaliza em suas classificações nos mecanismos de pesquisa.

Em outras palavras, mecanismos de pesquisa como o Google querem ajudar a garantir que os usuários estejam navegando em sites que manterão seus dados seguros. Por isso, eles classificam esses sites mais altamente, a fim de incentivar seu uso.

Tipos de certificado SSL

Para entender bem os certificados SSL e qual a melhor forma de usá-los em seu site, você precisará conhecer os diferentes tipos disponíveis. Os certificados são classificados com base em seus níveis de validação e no número de domínios que eles podem proteger.

Ao escolher o tipo certo de certificado SSL para o seu site, você precisará avaliar suas necessidades com base no nível de confiança e segurança necessárias. Além disso, convém levar em consideração o número de domínios que você deseja que o certificado do site cubra.

Validação de domínio (DV): essa é a forma mais baixa de validação fornecida. Geralmente, isso é alcançado através da verificação por e-mail em algumas horas. Em geral, o sistema verifica se o domínio pertence a você realmente.

Validação organizacional (OV): com um nível moderado de validação, essa opção pode demorar alguns dias para ser concluída. Isso porque envolve a Autoridade de Certificação, que verifica a propriedade do domínio em questão. Portanto, é necessário enviar documentos comprovando a existência da empresa.

Validação estendida (EV): com um nível mais rigoroso de validação, ou seja, um certificado de site mais completo. Esse tipo de validação vai mais longe para verificar a propriedade do domínio.

Assim, a Autoridade de Certificação precisa validar os dados da empresa, o endereço e as formas de contato. Os certificados EV são os únicos que ativam a barra verde no navegador (com o nome da empresa), gerando maior credibilidade e segurança. Além disso, as autoridades verificam se a empresa é legítima.

O que você deve saber antes de mudar para HTTPS

Fazer a mudança para HTTPS é relativamente fácil. No entanto, ainda existem alguns aspectos importantes nos quais você precisará pensar antes de começar. Ignorar essas informações (ou descobrir sobre elas na metade do processo) pode prejudicar seu progresso e causar vários problemas.

Com isso em mente, aqui estão algumas coisas importantes a serem feitas antes de mudar para HTTPS:

Configure redirecionamentos para o seu site e seus links: existem guias focados em SEO disponíveis para ajudar nisso. Para começar, convém usar uma ferramenta digital para criar uma lista de URLs que você precisará redirecionar.

Solicite a indexação para o seu site: pedir ao Google para dar uma olhada em seu site recém-atualizado é uma etapa crucial, a fim de reduzir ao mínimo as interrupções no tráfego. Felizmente, isso é fácil de fazer.

Atualize seus links internos: isso nem sempre é necessário. No entanto, às vezes seus links internos não são atualizados corretamente, e você terá que cuidar dele manualmente.

Atualize seus links de redes sociais e afiliados: você também precisará verificar os links apresentados nos perfis de redes sociais e os links afiliados que usa, para garantir que todo o tráfego de entrada do seu site atinja o destino correto.

Como instalar o SSL em seu site?

Neste ponto, você pode estar se perguntando como realmente implementar o HTTPS em seu site para uma conexão segura. Saiba que você precisará executar várias etapas para criptografar seus dados permanentemente.

O primeiro e mais importante é comprar um certificado SSL adequado. Dependendo do seu provedor de hospedagem, a configuração de um certificado SSL pode levar minutos ou horas.

Conclusão

A segurança do site se tornou mais importante do que nunca nos últimos anos. De fato, sites que não oferecem segurança adequada são mal vistos. Felizmente, com um certificado SSL você pode estabelecer uma conexão segura.

Por fim, neste post procurei esclarecer o que é e para que serve um certificado SSL. Esse assunto de segurança cibernética é bastante amplo, por isso continue acompanhando as publicações para entender um pouco mais do universo da web.

E é isto ai, estas foram as dicas rapidas de hoje!

Gostou deste conteúdo? Se sim, então compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário abaixo.

E caso queira Conquistar muito mais clientes ao ser encontrado no Google, saiba que a Aeros Agência Digital além de utilizar as melhores TÉCNICAS DE SEO aplicadas em seu projeto também oferece outras soluções de MARKETING DIGITAL para impulsionar os resultados do seu negócio na internet.

Imagine o poder destas duas estratégias aplicadas em seu site ou loja virtual?

QUE RECEBER O CONTATO DE UM ESPECIALISTA!

PS: Você também pode solicitar um atendimento através do WhatsApp -> (31)99942-9706


No mais fico por aqui, um abraço e bons negócios!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo!

Posts Relacionados

Leia Outros conteúdos relacionados a este mesmo assunto